Quem são vocês?

Somos a “Bananika”, uma startup social sediada na StartUp Angra,  ilha Terceira (Açores).

– Qual é a vossa ideia?

É criar uma bebida de banana gaseificada e alcoólica.

– Porquê?

Por 3 razões e/ou problemas:

1)  Por um lado, existe excesso de produção de bananas. Os produtores dos Açores não encontram soluções pertinentes para comercializar o seu produto, e, todos os verões, com o aumento das temperaturas, a produção aumenta drasticamente gerando uma oferta que supera, em muito, a procura. O resultado é o desperdício de bananas em grandes quantidades, uma vez que a produção não tem a possibilidade de entrar em qualquer circuito comercial.

2) Há outro fator que destaca a importância deste produto. Pode-se observar, no que toca a bebidas alcoólicas, existe um segmento de mercado “esquecido” em Portugaque anseia por bebidas alcoólicas fáceis de beber e doces. De facto, o boom de sidras de maçã no mercado de bebidas em Portugal nos últimos anos prova justamente esse facto – as cidras estão no top 3 dos “Fast Moving Consumer Goods” em Portugal.

3) Além disso, os produtores também perdem um número elevado de bananas cujo calibre não corresponde às exigências do mercado. Assim, a produção de banana regional de elevada qualidade, acaba por ser, em grande parte, desperdiçada. Estimamos serem mais de 100 toneladas por ano, apenas na Terceira. Também é relevante referir que a produção de um quilo de banana usa 793 litros de água!

– Como definem o vosso produto?

A Bananika é uma bebida inovadora e, por oferecer uma solução para esses problemas, sustentável. Ao criar uma bebida de banana fermentada, podemos transformar a imensa quantidade de desperdício gerada, num produto de valor acrescentado com uma prazo de validade prolongado. Esta bebida abre uma nova hipótese para os produtores açorianos de banana lidarem com a sua sobreprodução.
O produto

  • Bebida baseada na fermentação de bananas
  • Bebida refrescante, gaseificada, fácil de beber
  • Ligeiramente doce com um leve aroma frutado de banana
  • 6 % de álcool

– Parabéns pelo vosso projeto, por todo o merecido mediatismo e destaque da imprensa nacional e muita sorte para a vossa camapanha de crowdfunding que tem como objetivo construir a vossa fábrica – PPL crowdfunding

Dept. Comunicação StartUp Angra